Buscar
  • Professor Antônio César

CNPJ para Condomínios


Existe condomínio quando em um edifício existem propriedades particulares – exclusivas e partes comuns, que pertencem a todos os proprietários.

Um condomínio necessita se inscrever no CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas para, de fato, existir e, a partir daí, poder estabelecer conexões com todos os órgãos e pessoas necessários, quer sejam empresas prestadoras de serviços, bancos, sindicatos, profissionais liberais, empregados, órgãos das esferas governamentais (municipais, estaduais e federais), etc.

Além destas questões trabalhistas, outras atividades do condomínio exigem a inscrição no CNPJ, como a abertura de conta corrente, aquisição de produtos e contratação de serviços diversos.

Além da inscrição no CNPJ, os condomínio devem possuir:

1. Certidão de baixa de construção da edificação (antiga certidão de baixa e habite-se).

2. Convenção de condomínio devidamente aprovada pela assembleia geral e registrada no cartório de registro de imóveis.

3. Livro de atas para registro das assembleias, inclusive relativas à eleição do síndico.

4. IPTU desmembrado entre as suas unidades autônomas (apartamentos, lojas, salas, etc.).

5. Desmembramento das unidades no cartório de registro de imóveis (abertura de matrículas para cada unidade).

Veja o artigo completo aqui.

#condominio #regularização #cnpj #receitafederal

64 visualizações

Copyright © 2017 IBEI

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Google+ Icon

Criado orgulhosamente com Wix.com